© 2019 por CINEFEST. Todos os direitos reservados

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
Dona Dita
MORADORA

A história do povoado de São Jorge passa pelas mãos de muitas mulheres. Uma delas, Dona Dita, é a homenageada do CineFest São Jorge deste ano. Sua vida alinhava histórias que costuram a própria trajetória da ocupação humana na Chapada dos Veadeiros.

Filha de baianos que em 1943 vieram trabalhar nas plantações de trigo da Chapada, Dona Dita nasceu no povoado do Moinho, Alto Paraíso de Goiás.  Quando mais tarde o pai foi para o garimpo, ela ainda menina botou a mão nessa massa, ajudando-o nas tarefas mais leves, como a de limpar as pedras e tirar as lascas de cristal. Já adulta e casada, morou no manchão do Zé Jacó, bem próximo a São Jorge, e seguiu no trabalho de garimpo ao qual incorporou o cotidiano de uma mãe de 10 filhos.

Quando o ecoturismo chegou, junto com as restrições ambientais ao garimpo de cristal, Dona Dita já morava em São Jorge e passou a trabalhar com alimentação. Numa época ainda de pouco movimento turístico, quem quisesse almoçar tinha que encomendar antes do passeio, senão ficava sem comida. Seu famoso pão de abóbora virou pedra preciosa que até hoje enriquece o café da manhã dos visitantes e os kit-lanches que a galera leva para matar a fome nas trilhas da Chapada.

Esse barro forte ajudou a construir São Jorge; mãos femininas que enfrentaram com trabalho pesado as adversidades de um lugar que tinha poucos recursos. Em plena atividade, Dona Dita segue sendo uma inspiração e um símbolo de resistência.

Prêmio Dizo dal Moro
CINEASTA

A última passagem de Dizo dal Moro pela Vila de São Jorge foi tão rápida quanto marcante. No primeiro festival, Dizo foi um dos coordenadores da oficina de cinema que levou jovens da comunidade a conhecer as técnicas básicas do audiovisual.  Uma fatalidade, após o enriquecedor convívio, interrompeu sua participação nesta edição do festival. Mas a semente já tinha sido plantada, e segue esse ano, reconhecendo os melhores trabalhos através da entrega do prêmio que com muita pertinência leva seu nome: Prêmio Dizo Dal Moro.
Dizo Dal Moro se formou em Jornalismo e Cinema pela Universidade de Brasília, onde trabalhou com grandes nomes do cinema brasileiro, como, Geraldo Moraes e Vladimir Carvalho. Foi diretor de Fotografia do documentário “A Pedra do Mal”, de Núbia Santana e do longa “O Colar de Cora”, De Reginaldo Gontijo.

 

De  24 a 27 de outubro de 2019, o CINEFEST SÃO JORGE aconteceu para divulgar a produção cinematográfica do Centro Oeste, na charmosa vila de São Jorge, na Chapada dos Veadeiros.

É cinema e natureza alimentando o corpo e a mente. A vila, que tem boa estrutura de hospedagem e alimentação, acolhe de braços abertos profissionais do cinema que compartilham suas produções com o público visitante e local. E como o festival acontece fora de temporada, São Jorge volta todas as suas atenções para proporcionar uma bela festa.

Nosso festival segue sua trilha de resistência, inspirando-se nas flores do cerrado que brotam depois da queimada. Ao longe, tudo parece desolador, mas um olhar mais atento aos detalhes consegue ver a imensa força e beleza dessas flores guerreiras. Num momento em que resistir, é se alinhar à luta para que a cultura não seja tirada de seu lugar de protagonismo da liberdade de expressão, o cerrado nos oferece o amor da mãe natureza, que mesmo na adversidade gera luz, cor, vida.

 
24 DE OUTUBRO
quinta-feira
20:00
Mostra Principal:
  • Três Tipos de Medo                                   de Bruno Bini
  • Invasão Espacial
​        de Thiago Foresti
  • Benzinho
        de Gustavo Pizzi
22:00
Bar do Pelé
Música ao vivo com Tamyres
25 DE OUTUBRO
sexta-feira
10:00
Yoga na Praça
com Juliana Sartori
18:00
Bicicletada
com Bike Anjo
20:00
Mostra Principal:
  • Corppas Liquidas
        de Mateus Almeida
  • Guará
​        de Fabrício Cordeiro e Luciano Evangelista
  • Parque Oeste
        de Fabiana Assis
22:00
Festa na Casa Amarela
26 DE OUTUBRO
sábado
10:00
Passeio

com guia Velho Joe

19:00
Mostra Infantil:
  • Viagem na Chuva

        de Wesley Rodrigues
  • Doce Goiabada
        de Fernanda Rocha
  • Ursortudo
       de Januário Jr.
  • Sonhando Passarinhos
        de Bruna Carolli
20:00
Mostra Principal:
  • Dôniara
       de Kaco Olimpio
  • Pela Luz do Teu Olhar
​        de Flávia Aguiar
  • Último Cine Drive-in
        de Iberê Carvalho​
Festa na Casa de Cultura
Cavaleiro de Jorge
22:00
27 DE OUTUBRO
domingo
Com Baque Mulher, Michele Tarja e Polifonia Tangerina, Forró da Muié e Coco Araraúna
 
12:00
Roda de Conversa
com a tradicional feijoada no Rio da Lua
19:00
Premiação Filmes Curtíssimos
20:00
Mostra Principal:
  • Kris Bronze
        de Larry Sulivan
  • Ainda Ontem
​        de Rafael de Almeida
  • Mistério da Carne
        de Rafaela Camelo
  • Lua da Chapada
        de Fernando Carneiro
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon